Sugestões para um Natal mais saudável

Estamos a chegar a uma época em que é muito difícil conseguirmos não comer. Todas as montras de pastelaria têm bolinhos que por si só dizem “come-me” ou “leva-me para a ceia” heheheh…. Não é verdade ?

Temos uma grande dificuldade em cumprir o nosso plano alimentar saudável, quer ele seja apenas mental quer esteja prescrito por profissionais de saúde.

Temos de ter mais atenção e um cuidado redobrado pois as tentações são muitas! E o frio também não ajuda .

O Natal é a época festiva mais celebrada em Portugal. Esta comemoração encontra-se intimamente ligada à típica ceia de Natal, a qual varia de norte a sul do país. Apesar da diversidade, a ingestão de gorduras saturadas e de açúcares refinados excessiva acaba por ser frequente. O Natal não se restringe apenas aos dias 24 e 25 de Dezembro, podendo começar mais cedo e terminar no dia de Reis. Neste período de tempo, o consumo alimentar altera-se frequentemente.

Sempre ouvimos dizer que os doces devem ser reservados para os dias de festa. No entanto, isso não significa que se devam ingerir de forma excessiva. De forma a tirar o máximo partido das maravilhas que esta época nos presenteia, deixamos aqui as nossas sugestões alimentares para que tenha um Natal mais saudável:

– Inicie as suas refeições com uma sopa de hortícolas. Desta forma ficará mais saciado e não consumirá quantidades  exageradas de outros alimentos ;

– Acompanhe as refeições com hortícolas cozidos ( hortaliças, cenoura, couve, esparregado, grelos) ou salada (alface, tomate, cenoura, beterraba, cebola). Tempere com um fio de azeite e ervas aromáticas;

– Em vez dos aperitivos salgados e fritos, opte por colocar na mesa frutos secos como nozes, avelãs, amêndoas, pinhões e amendoins (de preferência sem adição de sal ou açúcares). Estes frutos, também chamados de frutos oleaginosos, para além de serem saciantes, são ricos em ácidos gordos essenciais;

– Os frutos secos como figo, passas e alperces secos, podem ser uma alternativa às bolachas e bolos que coloca na mesa como aperitivos. Embora tenham mais açúcar que os frutos frescos (devem ser consumidos com moderação) são ricos em fibra;

– Opte por confecionar as típicas refeições de Natal de forma mais saudável. Adicione menos gordura e sal, utilize o azeite como gordura de eleição para cozinhar e utilize ervas aromáticas e especiarias para temperar. Opte pelas confeções mais saudáveis –  cozidos, cozidos a vapor, estufados simples ( sem refogar os alimentos) e grelhados;

– Elabore sobremesas saudáveis como por exemplo uma salada de frutas frescas enfeitada com romã que dará um efeito natalício, sendo este um fruto com benefícios antioxidantes e anti-inflamatórios;

– Dos vários doces natalícios, dê preferência à aletria ou arroz doce, que são feitos à base de leite e ovos, ricos em proteínas de alto valor biológico;

– Modere o consumo de bebeidas alcoólicas e mantenha-se hidratado bebendo água ou chás;

– Pratique atividade física. São dias excelentes para aproveitar o tempo livre. Por ex. faça caminhadas com a sua família;

Algumas dicas para a confecção de doces:

– Reduza as quantidades de açúcar das receitas, utilizando outras alternativas para dar sabor a doces e bolos, como por exemplo canela e fruta;

– Substitua os lacticínios gordos pelos seus equivalentes magros ou equivalentes menos calóricos. Por exemplo substitua as natas por natas light, iogurte ou equivalentes vegetais;

– Se fizer fritos, escorra-os bem para retirar a gordura, utilize papel absorvente. Evite a reutilização excessiva de óleos.

 

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on pinterest
Share on Pinterest
Share on whatsapp
Share on WhatsApp

Deixe uma resposta