O Chá Verde e a Fertilidade

O chá verde é uma óptima alternativa para quem quer perder peso e ganhar saúde, mas recentemente descobriu-se uma nova indicação para esse poderoso elemento natural. Existem substâncias do chá verde que contribuem para a fertilidade. Seria o chá verde mais um aliado das tentantes?

Se você está a tentar engravidar, pode ser agradavelmente surpreendida ao saber que o uso de chá verde a pode ajudar a alcançar seu objetivo. A pesquisa, que liga o chá verde ao aumento da fertilidade tem sido muito discutida e demonstra sua veracidade. Um dos principais factores de tal benefício, sugere que os polifenóis e hipoxantina, que são os dois principais ingredientes do chá verde, podem causar um aumento no percentual de embriões viáveis. Polifenóis também atuam como antioxidantes que podem ajudar a se livrar de toxinas indesejadas no corpo. Eles reparam e minimizam o dano oxidativo que ocorre na maioria dos nossos órgãos, alimentação, stress corporal e ao envelhecimento, o que é óptimo para o corpo em geral, e não apenas com os problemas de fertilidade.

Duplica as hipóteses de engravidar

Também é possível duplicar as hipóteses de engravidar bebendo uma chávena de chá verde todos os dias, após as refeições. A maturação dos óvulos também pode ser aumentada, os tornando mais férteis.

Estudos também têm mostrado que o chá verde é capaz de aumentar a contagem de espermatozoides bem como a motilidade dos mesmos.

Amadurecimento dos óvulos

Tratando-se de chá, os benefícios são sentidos não apenas pelas substâncias contidas, mas também pelas substâncias não encontradas. A cafeína por exemplo, é encontrada em outras bebidas em quantidade muito maior do que no chá verde, e já sabemos que a cafeína pode trazer uma série de efeitos negativos sobre o corpo quando se tenta engravidar.

A Associação Internacional de Infertilidade, mostrou um estudo que sugere que a cafeína tem a possibilidade de impedir um óvulo de amadurecer correctamente, o que pode impedir o óvulo de ser fecundado, e obviamente, isso diminui as chances de gravidez.

Pode ser usado durante todo o ciclo, não é considerado abortivo e não traz dificuldades a implantação do embrião. Só não é aconselhável consumir mais de 3 chávenas diárias.

Estimulador do muco cervical

Além disso, muitas mulheres não ingerem líquidos e água suficiente a cada dia, o que impede uma boa produção de muco cervical, que já sabemos, ajuda na viagem de esperma através das trompas até o óvulo, assim como mantém o esperma saudável por até 5 dias.

O chá verde ajuda a hidratar o corpo de modo que ele pode ser preparado para produzir quantidade adequada de muco cervical.

Descafeinado é uma opção

Embora em pequena quantidade, a cafeína também é presente no chá verde, a boa notícia é que é possível encontra-lo na versão descafeinado o que é ótimo. O chá verde também vem em forma líquida e cápsulas, que lhe dará os mesmos benefícios.

Atenção aos contras do consumo de chá verde

É claro que há muitos benefícios ao tomar chá verde para aumentar a fertilidade, no entanto, ainda é importante estar ciente do outro lado da moeda. Tudo que é demais, tem seu lado negativo, e com o chá verde não é diferente. É preciso ficar atento à reposição de ácido fólico e ferro, durante “o tratamento” com chá verde, visto que ele tende a prejudicar um pouco a absorção desses elementos quando ingerido diariamente. Principalmente os vegetarianos devem ter cautela nesse ponto, já que o chá verde atrapalha a absorção de ferro que não venha de alimentos de origem animal.

Portanto, no geral, o chá verde é muito benéfico para quem deseja engravidar, pois ajuda a aumentar os níveis de fecundidade. É melhor tomar os suplementos ou beber o chá entre as refeições, mas, claro, sempre verifique com seu médico antes, para que seja uma decisão bem informada.

Faça Like na nossa página de Facebook

Cláudia WiY

Informação Biográfica

No Comments Yet

Leave a Reply