Como conseguir manter a dieta no fim de semana?

Normalmente quem faz dieta consegue manter uma alimentação correcta de segunda a sexta feira. O problema surge quando o fim de semana bate à porta!! Para a maioria das pessoa este é parte do desafio de uma dieta. Aparece sempre alguma tentação extra aos sábados e domingos, ou porque existe um aniversário de uma amiga, ou um almoço de família ou simplesmente porque não apetece fazer nada.

É verdade que para isto existe o dia da asneira onde podemos fugir um pouco das restrições mais rigorosas, no entanto até nestes dias devemos ser inteligentes e equilibrados nas nossas escolhas.

Temos de ter moderação a comer e para isto é necessário que as substituições alimentares sejam bem escolhidas. Podemos aproveitar a liberdade de comer mais, mas sem exageros!

Vamos tentar manter ao máximo a corrida da dieta para que no fim de semana não se perca logo todo o percurso feito durante a semana.

Ao pequeno almoço, tente manter os seus hábitos alimentares da dieta. Pense que poderá vir a ter outra refeição do dia em que vai abusar, sendo que o pequeno almoço é mais fácil ser controlado. Como sendo a refeição mais importante do dia não deixe de a fazer mesmo que seja um pouco mais tarde.

Fruta, pão integral ou de centeio (são sempre preferíveis a algum bolo) leite magro, alguma fruta, queijo branco. Caso não resista ao bolo que fez de véspera para o fim de semana por exemplo, opte sempre por uma fatia pequena.

Ao almoço, caso tenha um bom petisco em casa de um amigo à sua espera, se seguiu a dieta correcta durante a semana e fez exercício físico de moderado a intenso pode comer o petisco! Tente optar sempre pela receita de uma forma mais light, não beba refrigerantes, dispense a sobremesa calórica e beba bastante chá verde. Este exemplo serve para quando vai a casa de um amigo ou quando faz a refeição na sua casa.

Lembre-se que tudo tem a ver com quantidades e com o que comeu na refeição anterior. Caso tenha almoçado uma salada de baixo valor calórico pode comer de sobremesa um pouco de chocolate, de preferência amargo, um pouco de leite creme por exemplo ou o belo do pastel de nata!

Ao lanche, caso esteja fora de casa tente comer uma empada de carne ou uma sandes de queijo fresco e beba um sumo de fruta. Tente escolher sumo de abacaxi, é pouco calórico, ajuda a fazer a digestão e é diurético. Se estiver em casa, tente novamente manter ao máximo a dieta original pois nunca se sabe o que vem para o jantar!

Ao jantar caso não lhe apeteça nada de especial tente fazer uma refeição ligeira seguindo a sua dieta habitual. Ou então, faça uma piza caseira com farinha integral, queijo mozarella light, tomate, cogumelos e orégãos. Costumam ficar bem boas. Beba água! Se não tiver alternativa para o vinho, não ultrapasse um copo pequeno e delicie-se e relaxe um pouco.

A ceia pode ser uma fruta, um sumo, uma chávena de chá de camomila ou mesmo uma fatia de banana com canela e aveia.

Durante o dia não deixe de beber os 2 litros de água e se possível chá verde. Assim, evita ficar inchada, com retenção de líquidos.

Se puder, faça também nestes dias um pouco de exercício físico. É verdade que deve fazer um dia de repouso, no entanto tente fazê-lo no dia em que a sua ingestão calórica é mais baixa.

Faça caminhadas, ande de bicicleta, suba e desça escadas… Procure formas giras e divertidas de se mexer e ao mesmo tempo tente estar ao ar livre.

Faça Like na nossa página de Facebook

Cláudia WiY

Informação Biográfica

No Comments Yet

Leave a Reply