Azeite Extra Virgem reduz risco de Cancro de Mama

Um estudo publicado por investigadores da Universidade de Navarra em Pamplona e a CIBEROBN em Madrid concluiu que o consumo de Azeite Extra Virgem de forma regular reduz o risco de cancro de mama em 68%.

Um estudo levado a cabo, durante quase 5 anos – entre 2003 e 2009 – em cerca de 4.300 mulheres entre os 60 e os 80 anos e alto risco cardiovascular, comprova que o grupo que consumiu cerca de 4 colheres de sopa de azeite extra virgem diariamente – incluído na confecção e condimentação das refeições – teve uma taxa de incidência de cancro da mama 68% inferior do que o grupo de controlo.

Como em todos os estudos, há um conjunto de Experts que estão a contestar os resultados mas vem confirmar a utilização dos alimentos como “medicamentos”. Esta será uma tendência muito evidente durante os próximos anos

Poderão consultar aqui o artigo publicado pelos investigadores na JAMA internal Medicine.

Faça Like na nossa página de Facebook

Share on facebook
Share on Facebook
Share on twitter
Share on Twitter
Share on pinterest
Share on Pinterest
Share on whatsapp
Share on WhatsApp

Deixe uma resposta