A “Roubar” Vitamina D

E este foi o último fim de semana de Verão! Dá sempre uma melancolia nestas datas… pois adoro o verão, o calor, o bom tempo, o cheiro a mar, a pele queimada com marcas de biquíni…. Até as comidas são melhores!!!! Tento sempre mentalizar-me que vem aí outro tipo de bom tempo…

Assim, para aproveitarmos ao máximo, hoje fomos bronzear a pele para que as bochechas fiquem mais rosadas, com cheiro a saúde! Deu para fazer mais uma vez a fotossíntese, ehehehe!

Fomos apanhar sol! Fomos guardar reservas de vitamina D!

A vitamina D é essencial para o corpo humano, a sua ausência pode trazer várias complicações.

Como a sua principal fonte de produção é a exposição solar, lá fomos nós roubar um pouco desta vitamina ao sol. São os raios ultravioleta (UVB) que activam a sua síntese pelo nosso organismo (80 a 90% da nossa fonte de vitamina D vem do sol).

Não é fácil encontrar esta vitamina em alimentos. Existe especialmente em peixes e frutos do mar como é o caso do salmão, do carapau e do marisco. Depois existem fontes que foram enriquecidas com vitamina D, não são fontes naturais, como é o caso de sardinhas e atum enlatado, leite e derivados. Ela também pode ser produzida em laboratório e ser administrada na forma de suplemento, quando há deficiência e para a prevenção e tratamento de uma série de doenças.

A vitamina D é importante….

  • Na manutenção do tecido ósseo;
  • Na absorção do cálcio no intestino;
  • No sistema imunológico (actua nas doenças auto imunes como a artrite reumatóide e a esclerose múltipla);
  • Actua na diabetes tipo 2;
  • A sua ausência facilita a diferenciação celular, aumentando a probabilidade de vários tipos de cancro.
  • O consumo da vitamina D é essencial para as grávidas, a sua falta pode levar a abortos no primeiro trimestre. Já no final da gravidez, a carência do nutriente favorece a pré-eclâmpsia e aumenta as hipóteses da criança ser autista.

Faça Like na nossa página de Facebook

Cláudia WiY

Informação Biográfica

No Comments Yet

Leave a Reply