5 dias de Abacaxi

Já me perguntaram várias vezes o porquê do abacaxi só poder ser consumido nos 5 primeiros dias após a ovulação e não até ao aparecimento, ou não, da menstruação.

A intenção do uso do abacaxi é ajudar a promover uma boa implantação do embrião no endométrio. A bromelina contribui para o afinamento do sangue, melhorando a irrigação do útero, facilitando a absorção da progesterona pelo endométrio e promovendo o espessamento adequado. O endométrio espesso tem mais hipóteses de implantar com sucesso o óvulo fecundado.

Não conhecem o truque do abacaxi ? Já foi falado aqui e obtenha todas as informações necessárias para auxiliar a implantação do embrião no útero.

Por quê consumir o abacaxi durante apenas 5 dias?

Consumir bromelina em excesso pode fluidificar demais o sangue, que por sua vez pode provocar e facilitar sangramentos.

Todas as dicas, mesmo que naturais, têm os seus benefícios e riscos, portanto é extremamente importante que seja utilizada com cautela e prudência.

A intenção é que o embrião encontre o endométrio bem trabalhado, assim que chegue ao útero. O primeiro contacto do óvulo fecundado com o endométrio espesso, é muito importante.

Estudos seguros, apontam que após 6 ou 7 dias da fecundação, o óvulo fecundado chega ao útero para iniciar a implantação. Este processo leva 10 a 15 dias para ser concluído, mas o seu início tem dia certo. Se o óvulo fecundado, por algum motivo não chegar ao útero ou não começar a implantação até 8 dias após a ovulação, o corpo lúteo pára o envio de hormonas e começa a regredir, a partir daí uma gravidez não será possível nesse ciclo.

No caso de haver baixa produção de progesterona, a bromelina apenas, não será suficiente, necessitando a paciente de uma reposição hormonal.

Neste caso se a Bromelina não contribuir para o espessamento inicial do endométrio, não trará benefícios posteriores.

É importante salientar que a Bromelina não estimula a produção de progesterona, apenas contribui para que o endométrio se torne mais receptivo a absorção desta hormona.

Porquê comer o abacaxi em jejum ?

É em jejum que o corpo absorve melhor as substâncias que lhe são oferecidas. Assim quando o corpo receber a bromelina como primeira ingestão, vai potencializar o seu efeito, fazendo com que a sua acção seja mais rápida e eficaz.

Pode consumir em qualquer outro horário?

Sim, nada impede, porém a digestão mais lenta, não vai originar o melhor benefício.

É preciso ressaltar que é muito importante disponibilizar as informações com cautela. Tenham atenção ao que ouvem da amiga e da vizinha e também da senhora que fazia assim há anos, não são profissionais de saúde, e mesmo as dicas naturais devem ser transmitidas com o máximo de segurança para não afectar a saúde de ninguém.

A grande maioria das mulheres que recorrem ao truque do abacaxi, são mulheres que não possuem nenhum diagnóstico confirmado de trombofilia ou problemas de coagulação do sangue. Até porque mulheres diagnosticas com estes problemas, não vão recorrer ao abacaxi e sim aos medicamentos prescritos pelo médico, muito mais eficientes e seguros para cada caso.

Entre estas mulheres existem as simples treinantes, que não apresentam nenhum problema de coagulação ou trombofilias, as que talvez já têm o sangue mais fino e até quem ainda desconheça qualquer dificuldade. Por medida de segurança, não acho prudente abusar da bromelina e nem de nenhuma outra dica natural, já que a grande maioria desconhece a sua condição.

Não é porque é natural que podemos abusar. No caso de dúvida, converse com o seu médico que é a pessoa que estudou e tem bases para afirmar determinadas situações Temos de ser cuidadosos com a saúde alheia.

Exemplos de “coisinhas” naturais que consumidas em excesso, podem prejudicar a saúde:

  • Chá verde – em excesso prejudica a absorção de ferro e cálcio além de causar hiperidratação e diarreia.
  • Inhame – para mulheres com ovários poliquísticos pode não ser a melhor opção pois corre-se o risco de aumentar a quantidade de folículos presos nos ovários.
  • Mel – em excesso além de aumentar o açúcar no sangue pode causar diarreia e intoxicação alimentar.
  • Água – Até a água pode ser tóxica se ingerida além do necessário num curto espaço de tempo. O excesso de água no organismo origina perda rápida de sódio, potássio e magnésio essenciais para o ser humano. Com a eliminação rápida destes minerais ficamos propensas a vómitos, convulsões e aumento da pressão intracraniana, que pode provocar o rompimento de vasos sanguíneos e originar um Acidente Vascular Cerebral (AVC).

Ainda acham que é exagero ter cuidado com as dicas e alimentos naturais ? Tudo, de uma forma equilibrada e na dose adequada tem os seus benefícios, no entanto, em excesso, até o mais simples como é o caso da água pode ser prejudicial.

Faça Like na nossa página de Facebook

Cláudia WiY

Informação Biográfica

No Comments Yet

Leave a Reply